Search
segunda-feira 18 dezembro 2017
  • :
  • :

A importancia da flexibilidade dos tornozelos para a natação

A capacidade de mover as articulações numa total amplitude de movimento é importante em muitos esportes. A perda da flexibilidade pode acarretar uma redução da eficiência do movimento e aumentar as chances de lesão em alguns esportes. Portanto, para muitos técnicos, exercícios regulares de alongamento são importantes nas sessões de treinamento, a fim de aumentar a flexibilidade.

A flexibilidade nas articulações é importante para todos os movimentos na natação, é garantido que aumentando a amplitude, mais rápido será seu nado, já que no caso do tornozelo, quanto maior a amplitude do movimento de flexão plantar, maior será a aplicação de força propulsora no movimento da pernada crawl.

As pernas no caso do nado crawl, garantem o equilíbrio do nadador, mantendo seu corpo alinhado durante o balanço do tronco. Se deixarmos de trabalhar as pernas, a flutuabilidade sofrerá e, consequentemente, a aplicação de força será efetuada de modo incorreto, zonas de atrito serão criadas e a progressão do nadador dificultada.

 

Lembrando que no caso dos triatletas, as pernas são menos exigidas já que na maioria das provas é permitida a utilização de roupas de borracha que auxiliam na flutuabilidade, e os treinos consistem em poupar as pernas para o ciclismo e a corrida. Mesmo assim, a flexibilidade do tornozelo garante que não haverá um movimento de “chute” com mais arrasto e também garantem o equilíbrio e alinhamento do atleta.

 

Como trabalhar os tornozelos

Além de ser um trabalho constante para nadadores, deve ser trabalhado também por corredores, já que a corrida enrijece a mobilidade dos tornozelos naturalmente, aumentando o risco de lesões.

Lembrando que nosso corpo é uma unidade e deve estar em equilíbrio completo, muitos músculos do quadril são responsáveis pela estabilidade dos tornozelos.

 

Exercícios de Mobilidade de Tornozelo para Melhorar a Dorsiflexão

Dê um passo para frente e “apoie-se” na parede em sua frente. Vá esticando a perna que está atrás e dobrando o joelho que está na frente, como se estivesse empurrando a parede.

Movimentos de alongamento são as melhores opções, com ou sem equipamentos como elásticos com tensões variadas, ou utilizando tornozeleiras com peso na academia.

 

 

Exercícios de Autoliberação Miofascial para Dorsiflexão do Tornozelo

 

Uma das técnicas mais simples de autoliberaçãomiofascial para mobilidade de tornozelo é usar o rolo de espuma ou o rolo de soltura na panturrilha. Praticamente sentado em cima do rolo, role para cima e para baixo, em toda a extensão das pernas em cada região por pelo menos 30s.

 

 

 

Alongamentos para a Mobilidade do Tornozelo

Um dos mais clássicos exercícios de alongamento pode ser aplicado nesse caso, o alongamento de panturrilha na parede.

Exercícios de Mobilidade de Tornozelo

A pessoa começa na posição meio-ajoelhada, então posiciona o bastão na parte de fora do pé na altura do 5º dedo. Quando se inclinar a frente, certifique-se de que o joelho passe por fora do bastão.

 

Existem muitas variações de exercícios e alongamentos, ainda assim nem todas podem ser aplicadas num mesmo caso, já que deve haver um acompanhamento de um fisioterapeuta e treinador para um trabalho mais efetivo.




One thought on “A importancia da flexibilidade dos tornozelos para a natação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *