Search
segunda-feira 18 dezembro 2017
  • :
  • :

Como preparar um calendário de provas

O que vem em seguida?

Já estamos na segunda semana de Janeiro, todas as sobras do Natal e Ano Novo já acabaram, algumas calças ainda não estão fechando, e sua geladeira está com espaço livre para você se preparar para um novo ano de treinos. Para isso, seu novo calendário já foi ou está sendo montado por você e seu treinador, levando em consideração seus objetivos, o tempo necessário de preparação, quais as provas preparatórias e qual será sua prova principal.

Profissionais do esporte costumam mirar diversas provas por ano em busca de títulos e classificações. Infelizmente não conseguimos seguir o ritmo dos profissionais, então mirar uma prova principal por ano soa bem para o seu corpo e seu bolso.

Psicologicamente, já comentamos sobre metas smart e que seus objetivos grandes devem ser subdivididos em uma ”escala” de conquistas tornando assim o resultado mais ”alcançável”. Por isso é importante focar em cada etapa do treino e as provas preparatórias ao longo do caminho.

Ainda é necessário levar em consideração a família, férias das crianças, do seu companheiro(a) e as suas férias. Existem dois tipos de atletas, o que encaixam viagens nas férias no seu período ‘’off season’’, e os que encaixam provas nas férias aproveitando para viajar e curtir com a família.

Montada sua agenda, com seu novo cardápio em mãos – com espaços para uma cerveja ou um sorvete após um treino merecedor. Quando estiver se preparando para a alimentação regrada dos próximos meses, lembre-se do tempo que você possui, na correria do dia-a-dia, e no cansaço do fim do dia, quanto mais rápida sua refeição e seus lanches durante do dia, maior é o nível de sucesso da sua dieta.

 

Opte por frutas que não precisam descascar, ou são simples para fazer isso como bananas ou mexericas. Snacks de granola, biscoitos de arroz, cookies integrais são outras opções práticas para a semana. Atente-se a embalagem desses cookies, muitas marcas são integrais mas mesmo assim tem na sua composição farinha branca e muito açúcar!

Calcule se todas a sua carga de treino está sendo alimentada o suficiente para isso, incluindo gorduras e carboidratos de maneira inteligente, já que a gordura boa de maneira moderada de acordo com seu peso e carga de treino, ajudam em processos anti-inflamatórios, e o carboidrato é o combustível que te levará até o final.

Busque alternar provas de corrida e natação, e trajetos novos e desafiadores na bike, se suas opções de locais para pedalar são limitados, determine uma meta que deve ser batida, de tempo, distância ou usando a sua percepção de nível de esforço como métrica.

Não citei provas de ciclismo, pois o ciclismo do triathlon é muito diferente das provas de apenas ciclismo. Um pelotão de ciclistas é muito diferente de um pelotão de triatletas na USP, o controle que você precisa ter sob a bike e a confiança não deixam margem para erros já que você fica cercado de outros ciclistas. É necessária experiência e muita prática para andar em pelotão, e não é numa prova que você vai aprender, então seja prudente.

Existe um ciclo no nosso desempenho, tenha conhecimento que quando você atingir o ápice da sua capacidade, você precisa estar próximo a sua prova-objetivo.

Encaixe suas provas preparatórias na fase pré-competitiva, essas provas serão um bom termômetro para saber como está seu treinamento e ainda haverá tempo hábil para eventuais ajustes que possam trazer melhoras no grande dia.

Naturalmente, logo após seu pico de desempenho seu corpo entrará em modo repouso por alguns dias, e quando voltar a treinar sentirá que seu ritmo está bem abaixo do que estava. Essa é a maneira do corpo de nos manter saudáveis e evitar uma exaustão prejudicial. Isso não significa que todo seu trabalho foi em vão, a memória muscular vai saber o que fazer com toda a resistência, velocidade e força que você ganhou, logo após seu corpo descansar.

Agenda

Para nós, os próximos treinos e provas estão divididos em provas diferentes de maneira crescente, tendo em vista o GP Extreme em Março, o 70.3 Palmas em Abril, uma maratona em meados de Julho, mais uma prova com distância meio Ironman entre Agosto e Setembro (ainda não decidimos qual), e então foco total ao Ironman Mar Del Plata dia 03 de Dezembro.

Nessa maneira de planejamento, mantemos o corpo avançando de maneira gradativa pelas distâncias e não perdemos o foco e a motivação até a prova principal em Dezembro, pois temos muitos desafios para enfrentar até lá.

Próximas provas confirmadas:

22/01 – Travessia no mar

Onde? Bertioga – SP

Distância: 3.000m e 1.000m

04/03 – GP Extreme

Onde? São Carlos – SP

Distância: 1000m de natação, 100km de bike e 10km de corrida

23/04 – Ironman 70.3 Palmas

Onde? Palmas – TO

Distância: 1900m de natação, 90km de bike e 21km de corrida




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *